Escola Secundária Ferreira Dias – 401754

Início » Clubes e Projetos » Clube Origami

Clube Origami

 CLUBE DO ORIGAMI – Arte japonesa de dobrar papel

 

A criação do CLUBE DO ORIGAMI visa a partilha de experiências e de práticas, de conhecimentos e de técnicas que viabilizem o desenvolvimento de actividades no âmbito da expressão artística a concretizar nos tempos livres dos jovens da escola.

Origami é uma arte milenar, mais antiga do que o próprio papel, que estabelece uma linguagem simbólica de fácil compreensão e aprendizagem, pelo movimento das mãos em contacto com o papel. Uma arte inserida no quotidiano oriental e exportada para o mundo.

Para além dos aspectos psico-sociais – abordagem de resolução de problemas, estímulo de interacções sociais positivas, desenvolvimento da criatividade, etc, – o origami pode ser utilizado como um instrumento inovador e interessante para a Matemática, Estudo do Meio, Expressões artística e dramática, e certamente, Linguagem e Comunicação escrita e oral.

 

 Benefícios educativos do origami

 

1 – Competências comportamentais

O origami é um exemplo de “aprendizagem esquemática através de acções que se repetem”. Para ter sucesso, o aluno tem de observar com atenção e ouvir cuidadosamente instruções específicas e depois segui-las com destreza e precisão.

 2 – Aprendizagem cooperativa

O origami ajusta-se ao trabalho com alunos de diferentes idades. No grupo, a dobragem de papel tende a eliminar o estatuto associado às diferenças de idade, acontecendo que os mais jovens ficam muitas vezes na posição de ensinar os colegas mais velhos, numa interacção e cooperação permanentes.

 3 – Ligação à matemática

Transformar um pedaço de papel plano numa figura tridimensional é um exercício único de raciocínio espacial. A dobragem de papel permite ao aluno criar e manipular formas geométricas básicas bem como conceitos de simetria, rotação, alternância, translacção, entre outras regras que podem ser demonstradas e exercitadas fora do quadro de uma aula formal de matemática.

 4 – Desenvolvimento cognitivo

O trabalho manual das dobragens estimula também as habilidades motoras com uma ênfase no desenvolvimento da organização, na elaboração de sequências de actividades, na memorização de passos e coordenação motora fina do aluno.

 5 – Desenvolvimento da criatividade

A dobragem de papel estimula também o senso estético na criação de ornamentos de papel, bem como complexas construções ligadas à geometria. Caixas, vasos, objectos, figuras, pequenas esculturas são o resultado da experimentação e pesquisa. O experimentar de diferentes texturas de papel, a criação individual e colectiva de formas, pode ser benefícios conseguidos com o origami em grupos de alunos que em colectivo ou individualmente podem desenvolver a sua criatividade.

 6 – Consciência multicultural

O conhecimento de novas culturas, por inspirar a curiosidade dos alunos na rica cultura oriental, na sua música, língua, história e tradições, pode, se devidamente estimulado, promover o intercâmbio cultural com estudantes de outras nações, por exemplo trocando técnicas e dobragens entre eles.

 7 – Consciência ecológica

O origami pode despertar a preocupação ecológica e a discussão sobre o meio ambiente, com a reciclagem de revistas, jornais, papéis de embrulho como matéria-prima para as dobragens. A criação de animais (pássaros, insectos) e plantas a partir de material reciclado, originalmente prejudicial à natureza, parece um interessante paradoxo.

 8 – Sentido de comunidade

Actividades em grupo favorecem a cooperação, bem como a paciência e a socialização. O resultado das dobragens, além de um incentivo à realização pessoal e à auto-estima, é um motivo especial para presentear pais, amigos, criando uma saudável interacção escola-família.

 

 Objectivos a atingir

  • Divulgar a arte do origami e apresentar uma perspectiva da sua utilização em contexto escolar.
  • Promover a integração e troca de experiências entre os participantes.
  • Desenvolver actividades criativas de reutilização do papel com vista à produção artística.
  • Desenvolver competências na área das artes, geometria e da matemática (visualização, imaginação, criatividade, coordenação visual-motora, raciocínio, etc.)
  • Fortalecer a paciência, persistência, atenção e capacidade de concentração.

Metodologia

– Sessões teórico-práticas de apresentação e partilha de conhecimentos, experiências e técnicas.

– Oficinas de trabalho e experimentação na área da reutilização criativa de materiais e de técnicas de expressão variadas, em particular o origami (arte de dobrar papel).

– Criação de materiais de apoio e de objectos tridimensionais.

– Projectos de animação de tempos extra-curriculares com ocupação formativa, criativa e lúdica dos jovens.

– Exposição dos objectos produzidos, tendo em vista a divulgação do origami e humanização do espaço escolar e consequente melhoria estética do mesmo.

 

Intervenientes

– Alunos, professores e funcionários da escola, por inscrição

– Professora coordenadora – Ana Lourenço

– Professora colaboradora – Teresa Frutuoso

– Parcerias – JF de Agualva; Biblioteca /Mediateca; Projeto Eco-escolas; Promoção e Educação para a Saúde

– Quem deseje colaborar

 

Plano de Atividades 2014/2015

 

 

 Atividades do ano letivo 2013/2014


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: